Evite despejar óleo e gordura na pia. Esses materiais são campeões das causas de entupimento de canos e tubulações. Cabelos, fios dentais, papel higiênico também provocam obstruções.

Óleo e gordura são responsáveis por 40% dos casos de entupimentos de tubulações, segundo dados da Osaka Controle de Pragas e Desentupimento. “A gordura jogada no ralo da pia vai se acumulando no encanamento e se solidifica na parede dos canos obstruindo toda a rede gradativamente. Muitas vezes chegam a causar grandes entupimentos até no esgoto de rua”, explica Francisco Antonio Theodoro Neto, supervisor técnico da desentupidora.

Outros grandes vilões dos entupimentos são cabelos, absorventes, papel higiênico, fio dental, preservativos e até cotonetes, que caem nos ralos dos banheiros em vez de serem descartados corretamente no lixo. Quem já teve canos e ralos entupidos em casas ou apartamentos sabe como é difícil conviver com os maus odores e com os problemas de inundação que causam, com proliferação de bactérias e transmissão de doenças.

De acordo com Francisco Theodoro, os fatores mais comuns dos entupimentos ocorrem por mau uso das instalações hidráulicas, por descuido ou pelo excesso de resíduos despejados ao longo dos anos. Por isso, o especialista recomenda atenção para o uso inadequado das instalações. “Despejar material sólido, como alimentos e pequenos objetos nos ralos facilitam a obstrução”, revela. Também pode acontecer casos de subdimensionamento do sistema hidráulico, excesso de curvas no encanamento e falta de caixas de gordura.

Para desentupir o encanamento, há quem opte por soluções caseiras, como arames, detergentes, refrigerantes e produtos químicos comprados em supermercados, o que Theodoro desaconselha. “Para cada tipo de entupimento há uma solução apropriada. Muitas vezes, as saídas caseiras causam um dano maior que a própria obstrução. Mesmo que o problema pareça pequeno, a melhor forma de se livrar definitivamente de um entupimento é chamar uma empresa especializada. O atendimento para a vistoria é gratuito, para que se tenha noção do tamanho do problema e qual a metodologia a ser empregada. Somente depois do orçamento aprovado é que o síndico, morador ou proprietário irá contratar o serviço, que pode ser simples ou complexo”, indica.

As desentupidoras trabalham 24 horas/dia para atender as emergências, contam com profissionais treinados e especializados para realizar serviços de desobstrução de tubulações de pequeno, médio e grande porte, rede de esgotos e águas pluviais, em condomínios, empresas e residências. Além disso, zelam pela saúde dos cidadãos, pelo bom funcionamento do saneamento básico, coletando e transportando adequadamente os detritos para locais apropriados.

“Em moradias, o mais comum é o desentupimento de pias, tanques e vasos sanitários. Em empresas, além desses locais rotineiros, ainda cuidamos das obstruções de encanamentos para o escoamento de processos industriais. Dependendo do ponto onde se encontra o entupimento, a equipe pode necessitar de equipamentos especiais para sanar o problema”, conta Theodoro.

Entre as técnicas mais utilizadas pelo serviço profissional estão: esgotamentos a vácuo; por cabos; aplicação de CO2 e hidrojateamento. Os esgotamentos a vácuo consistem na utilização de caminhões com tanques cilíndricos para sucção dos resíduos, transporte e destinação adequada. Os desentupimentos por cabos utilizam maquinas elétricas que introduzem cabos de aço espirais e giratórios nas tubulações, fazendo a trituração e raspagem nas paredes das tubulações. A aplicação de CO2 emite jatos de ar comprimido sob pressão dentro canos, mas somente em casos especiais. O hidrojateamento requer a utilização de caminhão com tanque de água e bomba de alta pressão para jatear o líquido no interior das tubulações, metodologia utilizada em desentupimentos mais complexos e longas tubulações.

Written by admin